Neoenergia Coelba investe R$ 71,3 milhões em nova subestação na Chapada Diamantina e vai beneficiar Ruy Barbosa e região

Foto: Dill Santos

A nova subestação em Mulungu do Morro vai beneficiar 19 municípios, levando mais energia e desenvolvimento para cerca de 200 mil habitantes da região

O investimento, que conta com 45 km de novas linhas de subtransmissão, aumenta em 26,6 MVA de potência a disponibilidade de energia para o setor industrial, do agronegócio, trade turístico e comunidades, garantindo maior confiabilidade no fornecimento

 Com investimento de R$ 71,3 milhões, a Neoenergia Coelba inaugurou, nesta quinta-feira (6), a nova subestação Mulungu do Morro, na Chapada Diamantina, conectada através de uma rede de 45 km de extensão de linhas de transmissão em 138kV. O empreendimento proporcionará um acréscimo de 26,6 MVA na oferta de energia com qualidade para 19 municípios da região. O evento de inauguração foi realizado na manhã desta quinta-feira (6) e contou com a presença do diretor-presidente da Neoenergia Coelba, Thiago Guth, e dos prefeitos de Mulungu do Morro, Edmário Boaventura, Souto Soares, André Cardoso e Iraquara, Nino Coutinho. Também participaram autoridades da Secretaria de Turismo e da Secretaria Infraestrutura do Governo da Bahia. 

Foto: Dill Santos

As obras vão atender diretamente os municípios de Mulungu do Morro, Lençóis, Souto Soares, Iraquara, Andaraí, Nova Redenção, Canarana, Barro Alto e Cafarnaum além de beneficiar a população de Itaberaba, Ruy Barbosa, Boa Vista do Tupim, Ibiquera, Lajedinho, Utinga, Wagner, Bonito, Palmeiras, Tanquinho de Lençóis, localizados nas mesorregiões Centro-Norte e Centro-Sul do estado.

Mais de 67 mil clientes da Neoenergia Coelba serão beneficiados, impactando a qualidade de vida e oportunidades de desenvolvimento local para cerca de 200 mil pessoas que vivem na região. “A nova subestação de Mulungu do Morro e a malha de subtransmissão compõem uma obra de grande porte que vai levar mais energia com qualidade e confiabilidade aos clientes da distribuidora. Essa entrega é resultado de um plano estratégico estruturado, que visa atender as necessidades energéticas e vai contribuir para o desenvolvimento econômico e social da região”, explicou o diretor-presidente Thiago Guth.

A Subestação Mulungu do Morro conta com equipamentos e tecnologia de ponta, é 100% automatizada e controlada remotamente através do Centro de Operações Integradas da distribuidora. Isto significa maior flexibilidade operacional e confiabilidade do fornecimento para os clientes.

Uma das empresas beneficiadas pelo novo empreendimento é a Oleoplan, localizada em Iraquara, e que atua nacionalmente na industrialização de soja, na produção de biodiesel e na geração de energias renováveis. “A solidez da infraestrutura de distribuição de energia elétrica no Estado é condição indispensável para que as atividades industriais do Grupo continuem a desempenhar papel relevante na economia baiana; nesse sentido, a nova SE Mulungu do Morro, possibilitou investimentos de mais de R$ 180 milhões na ampliação e modernização de suas operações (em fase de obras) e estima-se a criação de 35 novos empregos diretos destacou o diretor do grupo Oleoplan, Giovani Cruz.

Foto: Dill Santos

 Investimentos nas mesorregiões Centro-Norte e Centro-Sul da Bahia

Em todo o Centro-Norte e Centro-Sul da Bahia a Neoenergia Coelba vai investir R$ 5,5 bilhões em obras estruturantes nos próximos 4 anos. O aporte possibilitará a construção de mais cinco novas subestações, além da recém-inaugurada em Mulungu do Morro, e ampliação de outras onze subestações. Também serão construídos 750 quilômetros de linhas de alta e média tensão, levando energia de qualidade aos municípios que compõem a região. As intervenções resultarão em um incremento de 245 MVA de potência, aumentando a capacidade energética. Para a execução dos serviços, 2850 vagas de emprego serão alocadas.

Os investimentos vão beneficiar, principalmente, o crescimento da agropecuária, do turismo e do setor industrial, como os produtores da região do sisal, a produção dos hortifrutigranjeiros, atividades de mineração, o polo calçadista, além das atividades comerciais e de serviços.

Foto: Dill Santos

Foto: Dill Santos


Compartilhar no WhatsApp

Postagens mais visitadas deste blog

CIPE Chapada prende homem com mandado de prisão em Ruy Barbosa

Dois homens morrem em acidente entre moto e veículo de prefeitura na Estrada do Feijão

Motoristas da Cidade Sol de Itaberaba, Ruy Barbosa e região podem parar atividades por reajuste salarial