Jovens denunciam descaso do município de Iaçu com a destinação final do lixo urbano



A coragem e a ousadia da juventude é muito bem retratada na letra da música intitulada E VAMOS À LUTA. E foi ao som dessa canção cantada por Gonzaguinha que Walber Rocha e Gabriel Jesus, denunciaram através de vídeo o descaso do poder público do município de Iaçu com a destinação final do lixo urbano.

Para que o leitor entenda, em Iaçu o lixo é descartado a céu aberto, às margens da rodovia que liga Iaçu ao distrito de João Amaro, a menos de 2 km do centro urbano e em distância linear de 500 metros do Rio Paraguaçu. 


Os jovens alegam que recentemente foi aprovada a Lei do Marco do Saneamento Básico, que proíbe os lixões a céu aberto e obriga os prefeitos a fazerem a destinação ambientalmente correta dos resíduos em aterros sanitários.

A produção do site entrou em contato com os rapazes:
´´Estamos tomando as providências cabíveis para que o lixão de Iaçu seja desativado imediatamente. Encaminhamos ao Prefeito Nixon Duarte PEDIDO DE AUDIÊNCIA PÚBLICA para que a problemática seja discutida com ampla participação popular.´´ (Walber Rocha).

´´A cidade cresceu e hoje o depósito de lixo a céu aberto encontra-se dentro da cidade. Aquela área onde está localizado é de crescente urbanização. Existem famílias morando nas proximidades e sofrendo danos à saúde. Do jeito que está, o lixão impede o crescimento da cidade.´´ (Gabriel Jesus).


´´O dano ambiental causado pelo município é gravíssimo. Iaçu é Portal da Chapada Diamantina, o Rio Paraguaçu é nosso maior Patrimônio. Sem contar que existem pontos turísticos importantíssimos para a economia do município que estão sendo prejudicados: Três Gameleiras, Balneário Rústico, O Pote, Camaleão das Folhagens, Balneário do Rafa, Areal de João Amaro, Balneário de Ron, dentre outros. Os turistas que frequentam a Chapada Diamantina dão de cara com esse absurdo que é o lixão a céu aberto´´. (Gabriel Jesus).




Postagem Anterior Próxima Postagem

correspond