Livro “Vivências no Orobó: Memórias Poéticas”, será lançado pelo escritor e poeta Ruy Barbosense Leonardo de Oliveira Santos - Ruy Barbosa Notícias | O Portal de Notícias da Cidade!

Livro “Vivências no Orobó: Memórias Poéticas”, será lançado pelo escritor e poeta Ruy Barbosense Leonardo de Oliveira Santos

Em breve a cultura de Ruy Barbosa escreverá mais um capítulo de sua história, celebrando a chegada de mais uma obra literária de um escritor Ruy Barbosense. No próximo mês de junho será publicado o Livro: “Vivências no Orobó: Memórias Poéticas”, do escritor e poeta Leonardo de Oliveira Santos. Leonardo (Léo como é conhecido, filho de Marlúcia) é filho de Ruy Barbosa. Apaixonado por sua terra e pela sua história resolveu escrever uma obra que retrata a história da Vila do Orobó e alguns dos seus personagens.

Tais rabiscos tratam de forma lúdica acerca do processo de formação de alguns núcleos de povoamento urbano do Centro da Bahia, especialmente da nossa região da Chapada Diamantina, a partir de um olhar da Vila do Orobó (atual Município de Ruy Barbosa) e seus distritos.

Dentre outras coisas, a abordagem traduz a realidade em uma América Latina, de um Brasil rural que experimenta uma República ainda muito jovem e cheia de contradições. Ainda sob as influências de um recém-suplantado Império, nas primeiras décadas do século XX.

Como plano de fundo, e elementos de amalgama da realidade social rememora se a saga dos tropeiros no processo de interiorização e sua influência na formação das Vilas e Cidades. Revive se, nessa saga, as antigas tradições, folclores e regionalismos, com suas viagens e paradas em entrepostos comerciais, vilarejos, povoados e arruados, onde através da mercância, aglutinavam as populações em derredor das feiras. Tudo isso no cenário de uma Bahia cujo interior vivenciava dias de angustias e conflitos.

A obra retrata também a saga do sertanejo em seu processo intimo de sobrevivência face às agruras e intemperes climáticas, as relações de cooperação mútua que se estabeleciam entre as populações, como a relação de compadrio, em um imbrincado mecanismo social de sobrevivência, onde eram realizados os adjuntórios e outras formas genuínas de cessão da mão de obra, em um processo de auxílio recíproco. 

Parabéns a Leonardo, nosso amigo Léo, por escrever a respeito da sua terra e do seu povo de forma a deixar registrada a história e a memória da nossa gente. Parabéns à nossa cidade de Ruy Barbosa por produzir tantos artistas e escritores, servindo de exemplo e inspiração.

Aguardem, o Livro “Vivências no Orobó: Memórias Poéticas”, em breve estará disponível para todos.

Recanto da Chapada, Vila do Orobó, Abril de 2019. 


Nenhum comentário