Após quase 70 Km de perseguição, casal é preso na Chapada Diamantina transportando pistola, munições e drogas dentro de carro roubado

Na madrugada de hoje (09/11), uma ação conjunta da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Bahia e da Polícia Militar da Bahia (PMBA), resultou na apreensão de uma pistola, noventa e sete munições cal. 380, seis quilos de maconha, porções de cocaína e ainda recuperou um veículo roubado em trecho do município de Seabra, na Região da Chapada Diamantina.


Os policiais faziam o policiamento ostensivo em frente ao posto da PRF (Km 408 da BR 242) quando deram ordem de parada a um Fiat/Mobi, de cor branca, com 2 ocupantes. Ao avistar as equipes da PRF e da PMBA, o motorista desobedeceu o comando e empreendeu fuga em alta velocidade pela rodovia.


Teve início um acompanhamento tático que se prolongou por cerca de 70 quilômetros até o motorista parar o veículo na altura do Km 477 da rodovia por problema mecânico.


O carro era conduzido por um homem de 26 anos. Com ele viajava uma mulher de 22 anos de idade. Foi feita uma vistoria no interior do automóvel e foi encontrado uma pistola Taurus cal.380, 01 carregador de pistola, 97 munições calibre .380, 6 quilos de maconha, 104 gramas de cocaína e mais uma grande quantidade de material plástico utilizado para embalar droga.


Após consulta nos sistemas informatizados e análise dos caracteres veicular, foi constatado que o carro estava com as placas clonadas, visto que o automóvel possuía ‘queixa’ de roubo.


Para tentar enganar a fiscalização detalhada da polícia, o homem não entregou a documentação pessoal e forneceu o nome do irmão. Porém alguns minutos da entrevista, ele informou o seu nome verdadeiro e após consulta nos sistemas de segurança, os PRFs descobriram que ele era foragido da justiça e deram cumprimento ao mandado de prisão expedido pela Comarca de Lauro de Freitas (BA).


Diante dos fatos, todo o material apreendido, o veículo recuperado e os presos foram apresentados à autoridade policial da delegacia de polícia civil de Seabra para lavratura do flagrante e demais procedimentos legais, pelos crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, receptação de veículo roubado, uso documento falso e falsidade ideológica.


A PRF conta com grupos especializados de combate ao crime e intensificou às ações nos principais pontos considerados críticos para evitar assaltos, porte ilegal de arma, contrabando, receptação de veículo roubado, tráfico de entorpecentes e demais ilícitos penais.



Compartilhar no WhatsApp

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Laudo confirma que a professora Raquel Teixeira foi atropelada na BA-046, em Ruy Barbosa

Oposição de Ruy Barbosa começa a se formar para disputar eleições municipais