Professores de Ruy Barbosa protestam em frente a Câmara de Vereadores; reunião acontece entre APLB e Gestão
.

A tarde desta terça-feira dia 01 está sendo marcada por protestos e manifestações dos professores de Ruy Barbosa, que reivindicam o piso salarial estabelecido pelo Governo Federal no total de 33,24%. Uma reunião entre APLB e a gestão está ocorrendo afim de chegar a um acordo de valores e fim de grave. A reunião acontece de portas fechadas, apenas com representantes das categorias. De acordo com relatos do lado de fora da Câmara de Vereadores, a reunião está longe de chegar a um acordo.

Após reunião no dia 15 de fevereiro, os professores municipais e APLB deram 72h para a gestão decidir sobre o aumento de 33% do piso salário aprovado pelo presidente Jair Bolsonaro. Com o não cumprimento do suposto acordo, os professores declararam greve e não iniciaram o ano letivo na segunda-feira (21). Os Professores que não tinham ido para a Jornada Pedagógica, agora decidiram não ir para sala de aula e pediram para que os pais dos alunos não mandem seus filhos para as escolas.


Acompanhe também em nosso instagram: https://www.instagram.com/ruybarbosanoticias




Postagem Anterior Próxima Postagem