Justiça determina fim da greve dos professores em Ruy Barbosa por considerar irregular; descumprimento custará multa de R$ 10.000,00
.

O município de Ruy Barbosa ajuizou uma ação declaratória de ilegalidade e abusividade da greve dos professores, com pedido de tutela de urgência. Com isso, a justiça determinou que a APLB adote providência para que os membros da categoria retornem ao trabalho no prazo de 24 horas, sob pena de multa diária de R$ 10.000,00 para hipótese de descumprimento. 

Os professores estão em greve e reivindicam o piso salarial ajustado pelo presidente Bolsonaro no total de 33,32% (veja aqui). Os Professores de Ruy Barbosa percorram ruas em manifestação para  reajuste de 33,24% no piso salarial; o prefeito respondeu durante coletiva de imprensa (veja aqui)




Postagem Anterior Próxima Postagem