Técnica responsabiliza a ausência do funcionamento do CAPS de Itaberaba pela fatalidade com a usuária na ponte de Iaçu





A Técnica de Saúde Mental, Denize Mary usou as redes sociais para desabafar sobre uma fatalidade que aconteceu no município de Iaçu. Na quinta-feira dia 22, uma mulher conhecida como Neia de Itaberaba teria pulado da Ponte Sob o Rio Paraguaçu, em Iaçu, vindo a falecer no local.


Denize contou em sua publicação no Facebook que, "com o CAPS fechado a mais de 30 dias,  99,99% dos seus serviços da unidade se encontra praticamente desativados, por falta de recursos humanos  assim,  ela (Neia) ficou sem o acompanhamento terapêutica devido.


A Técnica disse ainda que a "Saúde Mental, não é brinquedo, mas tem sido  tratada   como se fosse uma coisa sem significância nos últimos anos." Completou Denize. Neia foi encontrada por moradores e a principal suspeita é que ela teria cometido suicídio se jogando da ponte.







Postagem Anterior Próxima Postagem

correspond