Bonifácio sofre nova derrota na justiça e ver sonho de disputar eleição distante
Decisões tornam o ex-prefeito inelegível, além dos processos que responde na Justiça Federal por supostos desvios de recursos do FUNDEB.


Na busca para tentar uma candidatura sob Júdice, o ex prefeito de Ruy Barbosa Jose Bonifácio propôs AÇÃO ANULATÓRIA na primeira instância pleiteando nulidade dos Decretos Legislativos 003/2019 e 002/2018, emanados das votações da Câmara de Vereadores que reprovaram suas contas dos exercícios financeiros dos anos de 2014 e 2016, ocorre que, o ex prefeito amargou mais uma derrota (decisão liminar em 27/07/2020, processo número 8000373-74.2020.805.0218). (Veja Aqui)

O  ex-prefeito Bonifácio entrou com recurso de Agravo de Instrumento (n 8021645-32.2020.8.05.0000)  no TJ/BA contra a referida decisão da Primeira Instância, solicitando decisão liminar em decorrência de sua inelegibilidade. O agravante teve mais uma decisão (11/08/2020) em seu desfavor, mantendo assim, sua inelegibilidade também na Segunda Instância do Judiciário.

Ademais, é oportuno salientar que, o Sr José Bonifácio deverá devolver aos cofres municipais de seu próprio bolso, a quantia de R$ 8.186.908,00 (oito milhões, cento e oitenta e seis mil, novecentos e oito reais, e vinte e cinco centavos), mais multa de 132.000,00 (cento, trinta e dois mil reais), lembrando que terão os juros a serem computados.


O ex-prefeito de Ruy Barbosa José Bonifácio sentiu o peso de duas derrotas consecutivas, ao ver suas contas dos exercícios financeiros de 2014 e 2016 serem rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios, na mesma seara do TCM, o Poder Legislativo de Ruy Barbosa por maioria absoluta também reprovou as contas do ex prefeito, tornando-o inelegível, impondo ao ex prefeito mais duas importantes derrotas.

(Foto/Reprodução: Facebook)
Postagem Anterior Próxima Postagem

correspond