Ministério da Saúde suspende fabricação de 19 remédios; veja aqui a lista dos medicamentos interrompidos - Ruy Barbosa Notícias | O Portal de Notícias da Cidade!

Ministério da Saúde suspende fabricação de 19 remédios; veja aqui a lista dos medicamentos interrompidos


Nas últimas três semanas o Ministério da Saúde rompeu contratos firmados com laboratórios de produção deremédios que eram distribuídos gratuitamente para a população. São 19 medicamentos no total, que deixarão de ser entregues pelo Sistema Único de Saúde (SUS), segundo o jornal O Estado de S. Paulo. Mais de 30 milhões de pacientes dependem desses tratamentos . Veja abaixo a lista dos remédios que terão distribuição gratuita interrompida.

Os laboratórios produtores são públicos e federais. Entre eles estão Biomanguinhos, Butantã, Bahiafarma, Tecpar, Farmanguinhos e Furp. Eles fabricam os remédios como parte de uma parceria com o ministério e fornecem os fármacos a preços 30% menores do que os do mercado.

Ao GLOBO o Ministério da Saúde confirmou por meio de nota que a fabricação dos 19 medicamentos está em "fase de suspensão" por recomendação da Controladoria-Geral da União e pelo Tribunal de Contas da União em função de decisões judiciais, desacordo com o cronograma, falta de avanços esperados, etc. Trata-se de uma "medida regular", além de "estar prevista no marco regulatório das PDPs e realizada com normalidade", acrescentou.

No mesmo comunicado, o ministério informa ainda que "vem realizando compras desses produtos por outros meios previstos na legislação" e que, portanto, a população não será afetada.

A pasta diz também que os laboratórios públicos podem apresentar "medidas para reestruturar o cronograma de ações e atividades".

O presidente da Bahiafarma e da Associação dos Laboratórios Oficiais do Brasil (Alfob), Ronaldo Dias, disse ao Estadão, no entanto, que os laboratórios já estão tratando as parcerias como suspensas.

— Os ofícios dizem que temos direito de resposta, mas que a parceria acabou. Nunca os laboratórios foram pegos de surpresa dessa forma unilateral. Não há precedentes — disse ao jornal.

Associações que representam os laboratórios públicos falam em perda anual de ao menos R$ 1 bilhão para o setor e risco de desabastecimento.

E AINDA: MP de desburocratização quer venda de remédio em mercado

Veja aqui a lista dos remédios que terão distribuição interrompida

Adalimumabe, Solução Injetável (40mg/0,8mL), produzido por TECPAR

Adalimumabe, Solução Injetável (40mg/0,8mL), produzido por Butantan

3 Bevacizumabe, Solução injetável (25mg/mL), produzido por TECPAR

4 Etanercepte, Solução injetável (25mg; 50mg), produzido por TECPAR

Everolimo, Comprimido (0,5mg; 0,75mg; 1mg), produzido por Farmanguinhos

Gosserrelina, Implante Subcutâneo (3,6mg; 10,8mg), produzido por FURP

7 Infliximabe, Pó para solução injetável frasco com 10mL (100mg), produzido por TECPAR

8 Insulina (NPH e Regular), Suspensão injetável (100 UI/mL), produzido por FUNED

Leuprorrelina, Pó para suspensão injetável (3,75mg; 11,25mg), produzido por FURP

10 Rituximabe, Solução injetável frasco com 50mL (10mg/mL), produzido por TECPAR

11 Sofosbuvir, Comprimido revestido (400mg), produzido por Farmanguinhos

12 Trastuzumabe, Pó para solução injetável (150mg; 440mg), produzido por Butantan

13 Cabergolina, Comprimido (0,5mg), produzido por Bahiafarma Farmanguinhos

14 Insulina (NPH e Regular), Suspensão injetável (100 UI/mL), produzido por Bahiafarma

15 Pramipexol, Comprimido (0,125mg; 0,25mg; 1mg), produzido por Farmanguinhos

16 Sevelâmer, Comprimido (800mg), produzido por Bahiafarma Farmanguinhos

17 Trastuzumabe, Pó para solução injetável (150mg), produzido por TECPAR

18 Vacina Tetraviral, Pó para solução injetável, produzido por Bio-manguinhos

19 Alfataliglicerase, Pó para solução injetável (200 U), produzido por Bio-manguinhos

Fonte: O Globo 


Um comentário:

  1. Existe um erro nesta publicação, no tópico 18 vc diz que a Vacina Tetra Viral não será mais disponibilizada a população, porém isso é uma informação errada. O que é a Vacina Tetra Viral:A vacina tetra viral é uma atualização da vacina tríplice viral e consiste na combinação de vírus vivos atenuados contra o sarampo, a caxumba, a rubéola e catapora, apresentada sob a forma liofilizada, em frasco-ampola com uma ou múltiplas doses. É uma das principais Vacinas disponibilizadas para crianças, em vários estágios da sua vida, e até na fase da adolescência, ao completarem 14 anos. Se o Estado da Bahia vai negar esse direito a gratuidade a população, isto é um problema do Governo de vocês, pois nos postos de Saúde de São Paulo Capital essa Vacina é prioritária, e nunca faltou. Nosso Governo é maravilhoso, respeitam os cidadãos, aceitam reclamações e todas têm solução positiva, não posso dizer o mesmo de algumas regiões da Bahia, pois em Ruy Barbosa infelizmente falta tudo e o povo não reclama, nem atendimento médico descente se têm em posto de saúde aí. Fora o preconceito, quem mora na Avenida Itaberaba ou na Roça na região da Lagoa do Licuri e demais localidades, só podem ser atendidos no posto de saúde das Flores. Só quem pode ser atendido no posto da cidade, no centro, perto do INSS que foi reformado por Doutor Itamar meu padrinho, é as pessoas que moram nos locais mais nobres da cidade! Fora a falta de Dentistas na região, é uma Vergonha e vc não posta isso no seu Blog, ser jornalista é falar a verdade ao povo, não mascarar a realidade, do que vc têm medo? Do sistema, de Otto Alencar, de Antônio Carlos Magalhães? Ou do seu irmão? Eduardo? Esses caras cada vez mais ricos e não ligam a mínima para fazer algo pelo povo de Ruy Barbosa, meu padrinho Doutor Itamar com todos os seus defeitos, e críticas que recebe é o único ainda que liga para a população mais carente! E infelizmente Cláudio da Serrada não foi o Prefeito que deveria ter sido, José Bonifácio meu querido amigo, fez muito mais por Ruy Barbosa que Cláudio! Espero que o povo nas próximas eleições saiba escolher melhor seu prefeito! Não acredito em todos esses crimes que estão jogando nas costas de Bonifácio, têm gente grande por detrás disso para sujar sua imagem com certeza! Vc têm uma ferramenta ótima de trabalho, saiba melhorar suas publicações! Um abraço.

    ResponderExcluir