Diarista é assassinada a tiros em residência no bairro Tomba

A diarista Cláudia Alves da Silva, de 32 anos, foi assassinada a tiros por volta das 4h32 deste domingo (25) na Rua Dr. Evandro Cardoso, no bairro Tomba em Feira de Santana. O corpo foi encontrado ajoelhado, debruçado no sofá e ela foi alvejada por tiros na nuca, pescoço, peito e braços.

O delegado Gustavo Coutinho, titular da Delegacia de Homicídios, presidiu o levantamento cadavérico. Ao Acorda Cidade, ele informou que o crime aconteceu durante uma festa na casa da vítima.

“Segundo a informação colhida no local, ela estava com várias pessoas em uma residência, tomando cerveja, quando durante a madrugada houve um desentendimento entre ela e outra mulher, e o companheiro dessa mulher acabou efetuando os disparos. 

O casal acabou fugindo do local, os vizinhos identificaram, informaram inclusive a polícia, mas até então não conseguimos efetuar a prisão desse indivíduo, mas ele já foi qualificado, já foi identificado. 

A motivação do crime foi uma briga, uma discussão que houve no local, quando estavam todos ingerindo bebida alcoólica. Cláudia Alves da Silva residia sozinha no endereço, ela era diarista, trabalhava em uma pousada no Tomba ali, na praça do Tomba”, detalhou.

Fonte: Com informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade.



Compartilhar no WhatsApp

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Laudo confirma que a professora Raquel Teixeira foi atropelada na BA-046, em Ruy Barbosa

Oposição de Ruy Barbosa começa a se formar para disputar eleições municipais