Fiscalização e Monitoramento na Serra do Orobó para Prevenção de Incêndios Florestais

De 12 a 15 de outubro, a Secretaria Municipal de Agricultura, Meio Ambiente e Defesa Civil implementou um esquema de fiscalização e monitoramento na Serra do Orobó. 

Essa ação está em conformidade com o Decreto Estadual do Governo, que proíbe temporariamente a técnica agrícola de coivaras, principalmente em Unidades de Conservação, visando evitar incêndios florestais de grandes proporções. 

O Técnico/Fiscal Sandro Arruda tem sido fundamental nesse trabalho e Artur Francelino ressalta a importância da prevenção e educação ambiental como soluções eficazes.

Segundo a Portaria Nº 29.624, nos casos em que for possível a emissão de DQC o requerente deverá apresentar justificativa assinada por um responsável técnico habilitado sobre o tema. O não cumprimento dos compromissos elencados nas DQCs emitidas implicará na aplicação das penalidades cabíveis, bem como no seu cancelamento.

Ainda, segundo a Portaria que entrou em vigor nesta sexta-feira, dia da publicação, a lista dos municípios em que as queimadas estão suspensas poderá ser atualizada com base em análise técnica do Inema, considerando a sazonalidade climática de algumas regiões e o monitoramento do risco de ocorrência de incêndios florestais no Estado da Bahia.







Compartilhar no WhatsApp

Postagens mais visitadas deste blog

CIPE Chapada prende homem com mandado de prisão em Ruy Barbosa

Dois homens morrem em acidente entre moto e veículo de prefeitura na Estrada do Feijão

Motoristas da Cidade Sol de Itaberaba, Ruy Barbosa e região podem parar atividades por reajuste salarial