Voto impresso rejeitado em comissão especial


Uma comissão especial da Câmara dos Deputados rejeitou, na noite desta quinta-feira 5, um parecer em defesa da impressão do voto nas eleições. O tema se transformou na principal obsessão de Jair Bolsonaro e de sua tropa de choque no Congresso.

Por 23 a 11, os deputados rechaçaram o parecer do relator, Filipe Barros (PSL-PR), favorável ao voto impresso...

 Em substitutivo apresentado na quarta-feira 4, Barros defendeu a adoção de uma “contagem pública e manual dos votos impressos”. Bolsonaro tem justificado a adoção da medida com ataques infundados ao atual sistema eleitoral brasileiro.... 

Fonte: CartaCapital
Postagem Anterior Próxima Postagem

correspond