Terreiro de Candomblé repudia ato de intolerância feito por grupo de evangélicos em Ruy Barbosa

O Nzó Hambá Nkosi Untala, terreiro de candomblé de Angola localizado no município de Ruy Barbosa-Ba, vem a público, por meio do seu dirigente, Tata de Nkisi Tumbirê de Nkosi (Pai Arialdo), repudiar o ato de intolerância religiosa sofrido na noite do dia 02 de agosto de 2021.

Na referida noite, estava o zelador cumprindo com suas obrigações religiosas internas, por ser a primeira segunda-feira do mês de agosto, iniciado os rituais a Tateto Kavungo, quando, após despachar a porta, como de costume, ouviu um barulho de pessoas andando, bem como conversas. 

Ao sair para verificar o que estava acontecendo, se separou com um grupo de evangélicos em volta da entrada principal do terreiro, fazendo orações e jogando um tal óleo ungido em frente ao terreiro. Ao se deparar com a cena, tomado pelo susto, o zelador só teve tempo de entrar para buscar o celular para tentar gravar a cena, mas, quando voltou os ditos evangélicos evadiram rapidamente do local.

Vivemos em um Estado laico em que todos tem a liberdade de culto, de modo que é inadimissível que tal fato ocorro.
Da próxima vez a recepção não será nem um pouco pacífica.

Por um mundo onde se respeite o direito de culto de todos!

Tata de Nkisi Tumbirê
Sacerdote do Nzó Hambá Nkosi Untala



Postagem Anterior Próxima Postagem

correspond