Otto Alencar diz que PSD da Bahia marcha com Lula se ele for candidato a presidente em 2022


O presidente do PSD na Bahia, senador Otto Alencar, afirmou na última sexta-feira (16) que, ao menos em nível estadual, o seu partido apoiará a possível candidatura do ex-presidente Lula contra Jair Bolsonaro (sem partido) na eleição ao Planalto em 2022. Para Otto, a anulação das condenações do petista, confirmada no plenário do STF na última quinta (15), muda completamente a arrumação do tabuleiro político da futura disputa.


“Acho que a presença do ex-presidente Lula numa eleição, ele certamente vai mudar o cenário nacional, já mudou inclusive. E, aqui na Bahia, as forças que o apoiaram e estiveram sempre ao seu lado, nós do PSD aqui da Bahia sempre estivemos ao lado do presidente Lula também, vamos continuar com a mesma força, com o mesmo trabalho. Ele sendo candidato, naturalmente a aliança permanecerá. Esperamos manter essa posição. Caso o presidente seja candidato nessa aliança, claro, aqui na Bahia nos marcharemos com o presidente Lula”, disse Otto em entrevista à rádio Metrópole.


Sobre a decisão do Supremo de devolver os direitos políticos do ex-presidente e impor uma derrota histórica à Lava Jato, o senador afirmou que a corte corrigiu um erro decorrente da conduta política do então juiz Sergio Moro, à época responsável pelos processos de Lula em Curitiba.


“Ficou claro, 8 a 3 nesse sentido. Isso dá condição que ele [Lula] possa disputar as eleições no ano de 2022. O juiz Sergio Moro tem o lado positivo, mas tem o lado negativo também. O lado negativo foi o momento em que ele, abertamente, mostrou que, além de decisão jurídica, tinha decisão política naquilo que ele procedeu como condenação. Por quê isso? Porque, se não tivesse o componente político, jamais ele iria ser ministro do presidente Jair Bolsonaro”, avaliou Otto. As informações são do site Bahia.Ba.

Postagem Anterior Próxima Postagem

correspond