'Cuidem dos velhos', diz homem que escalou parede de hospital para ver mãe com Covid-19
A história do homem que escalou as paredes de um hospital palestino em Hebron, na Cisjordânia, para visitar a mãe internada por Covid-19 — ela acabou morrendo pela doença — emocionou o mundo.


Em breve entrevista à emissora Palestine TV, o filho, identificado como Jihad Al-Suwaiti, de 30 anos, pediu que as pessoas se cuidassem para que não passassem pela mesma dor que ele sente.

Rasmi, mãe de Jihad, foi internada no início do mês com sintomas da doença causada pelo novo coronavírus. Ela já era paciente de câncer. Sem poder entrar no local por causa do risco de contaminação, a solução encontrada pelo homem foi escalar a parede até a janela do quarto em que sua mãe estava.

Segundo informações da rede Al Jazeera, Jihad visitou a mãe pela janela do quarto do hospital todos os dias até a data da morte dela, ocorrida em 16 de julho.

O filho relata que mal se lembra como tirou forças para encontrar a mãe. "O único lugar para acompanhar era aquela janela. Como cheguei lá? Sinceramente, não sei", contou. "Se eu tivesse a possibilidade, daria minha vida, minha alma para que ela ficasse viva por mais um tempo. Cuidem dos velhos para não sentir a amargura que senti."

Fonte: G1

Postagem Anterior Próxima Postagem

correspond