Celulares e facões são apreendidos em cela usada por líder de facção em Salvador
Com a Operação "Tolerância Zero", deflagrada na noite dessa quarta-feira (22), as secretarias da Segurança Pública (SSP-BA) e de Administração Prisional e Ressocialização (Seap-BA) da Bahia apreenderam vários materiais ilícitos na Penitenciária Lemos Brito, em Salvador. Eles estavam em celas utilizadas por um detento, apontado como líder de uma facção criminosa.

 Alvo de um mandado de busca e apreensão, solicitado pela 19º Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Senhor de Bonfim), o homem é envolvido com tráfico de drogas e homicídios nas cidades de Senhor do Bonfim e Campo Formoso.

Nas das celas onde ele estava detido, localizadas no pavilhão V, os agentes encontraram oito celulares, um deles jogado dentro da caixa de água da descarga do vaso sanitário; facões, embaixo de colchões; R$ 1,1 mil, que estava dentro de uma Bíblia; porções de maconha; e um caderno com anotações de venda de entorpecentes. A apreensão foi feita por equipes do Departamento de Polícia do Interior (Depin), da 19º Coorpin, do Batalhão de Guardas e do Grupo de Segurança Institucional (GSI/Seap), esse último responsável por coordenar toda a ação.

 Além disso, pela manhã, em Campo Formoso, agentes apreenderam uma submetralhadora, uma pistola, um revólver e drogas no local usado pela quadrilha chefiada pelo detento. De acordo com a SSP-BA, no momento da apreensão, dois criminosos entraram em confronto com equipes da 19ª Coorpin e não resistiram aos ferimentos

Sabemos que o custodiado continuava ordenando o tráfico e execuções de rivais, na região Norte do Estado. Agradecemos a parceria com a Seap, na retirada dos celulares", destacou o diretor do Depin, delegado Flávio Góis. O policial civil acrescentou que os aparelhos passarão por perícia e que poderão servir como provas de novos crimes cometidos pelo detento. 

Fonte: Bahia Notícias

Postagem Anterior Próxima Postagem

correspond