#Coronavírus: Sem previsão na suspensão das atividades, medo toma conta dos funcionários da Pegada em Ruy Barbosa

 


A Fábrica de Calçados Pegada, com mais de 1.500 funcionários, é hoje o grande centro de aglomerações de pessoas em Ruy Barbosa, que vai contra as recomendações da Organização Mundial da ou de Saúde, por conta do novo coronavírus Covid-19.

Por esse motivo o site Ruy Barbosa Notícias está recebendo diversas mensagens de funcionários com medo, uma vez que existe uma grande quantidade de circulação de pessoas no local, além daqueles que chegam de outros municípios e Estados.

É o caso de uma funcionária que disse: “... estão falando lá na fábrica que tem alguém com suspeita da doença." "Estou assustada." Apesar do município ter apenas um caso suspeito de coronavírus e não sendo na área da fábrica, deixa os funcionários assustados e apreensivos. 

De acordo com o Secretário de Meio Ambiente Artur Francelino que acompanhou uma live realizada na tarde desta quarta-feira (18), o Governador Rui Costa respondeu perguntas relacionadas à paralisação de órgãos do Estado. Questionado sobre as fábricas, o Governador disse não orientação parar as indústrias, principalmente onde não tem casos confirmados.

O Advogado Robério questionou um decreto publicado pela prefeitura onde proíbe o funcionamento de academias. “Qual a diferença entre academias e a fábrica?" Disse Dr. Robério que  entende que a fábrica deve ser fechada imediatamente.

Uma informação recebida pelo Ruy Barbosa Notícias, relata que está tendo um plano te higienização do local e na entrada dos funcionários, porém insuficiente para mais de  1.500 funcionários.  

Resultado de imagem para fábrica pegada de ruy barbosa

Postagem Anterior Próxima Postagem

correspond