Macajubenses passaram vexame durante festas com muitas ruas sem água - Ruy Barbosa Notícias | O Portal de Notícias da Cidade!

Macajubenses passaram vexame durante festas com muitas ruas sem água

Parece brincadeira, mas todo período de festas os macajubenses passam vexame com parentes e visitas que recebem por falta de água, o abastecimento fornecido pela Embasa no município continua precário.

Em Nova Cruz moradores da parte baixa ficaram 30 dias sem água e o mercado municipal teve que ser abastecido por carro pipa, um preposto da prefeitura chegou a dizer que o Deixa Comigo Macajuba não critica a falta de água, a critica irritou o blogueiro Cristiano Silva, que disse que o Blog é o veiculo de comunicação que mais critica a Embasa em Macajuba e até em Itaberaba o comunicador já esteve afim de levar as demandas do público até a Embasa.

Em Macajuba as reclamações de água continuam.

No Loteamento João Pedreira Sampaio a internauta postou, que está gravida e mesmo com um tanque de 8 mil litros está seco.

A rua do abrigo também tá sem água, segundo outra internauta.

Rua do Cruzeiro há vários dias sem água, diz a internauta.

Rua do Tomba, a mesma avenida Federico Costa também está sem uma gota, uma vergonha essa embasa😡 questionou outra internauta.

Rua Felinto nem uma gota, disse mais uma internauta.

Milton Cardoso nada de Água, postou outra internauta.

Rua J.J Seabra, também está sem água

Falta água nos povoados de Malhada Nova e Santa Luzia.

Em contato com o gerente que estava de férias, o Blog Deixa Comigo Macajuba foi informado que a parte baixa do distrito de Nova Cruz já começou ser abastecida e as outras ruas de Macajuba irá se normalizar.

Questionado pelo Deixa Comigo Macajuba durante visita em Nova Cruz na última segunda-feira (01) o Deputado Eduardo Alencar, que é da base do Governo do Estado disse que é conhecedor do problema e que só deve melhorar depois da ampliação do sistema que já está sendo feito.

O Deixa Comigo Macajuba é o veiculo de comunicação que mais fala em abastecimento de água e leva a demanda até a assessoria do Governador do Estado por isso critica infundada de gente que não tem conhecimento irritou o coordenador Cristiano Silva, que ressalta que foi grosso, mas que as vezes é necessário.

Texto: Deixa Comigo Macajuba


Nenhum comentário