Ativistas criam petição online para que o MP/BA proíba futuras atividades de mineração na Serra do Orobó. - Ruy Barbosa Notícias | O Portal de Notícias da Cidade!

Ativistas criam petição online para que o MP/BA proíba futuras atividades de mineração na Serra do Orobó.

Tudo começou em outubro de 2018 com a assustadora notícia de que mineradores queriam explorar a Serra do Orobó, na área de relevante interesse ecológico, no município de Ruy Barbosa. Desde então, de acordo com matéria publicada no site Ruy Barbosa Notícias, as mineradoras não tinha autorização do Estado e do Município, e que já estariam sendo monitoradas pelo INEMA. (Veja Aqui)

Em abril de 2019, no dia 25 surgiu a denúncia que a empresa Rica Mina estaria realizando atividades de mineração na Serra do Orobó sem documentos de autorização. Imediatamente a Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Ruy Barbosa, através do Secretário Artur Francelino emitiu uma notificação embargando as atividades, onde os equipamentos foram retirados da Área de Conservação da Serra do Orobó, em Ruy Barbosa. (Veja Aqui)

A população se mobilizou com o risco de degradação da nossa Serra, onde reivindicaram rigidez nos poderes públicos, além de uma petição online que foi criada na intenção de que o Ministério Público da Bahia proíba qualquer atividade de mineração na Serra do Orobó. 

As atividades de mineração podem contaminar as águas e mananciais e prejudicar a fauna e flora de toda a região da Serra do Orobó. A Serra tem grande importância e valor para toda a população que usufrui da área como lazer e esporte, para a região, por conta das nascentes e para a pesquisa, pois, segundo pesquisas da UFBA, possui espécies únicas. Este ecossistema precisa ser preservado e não precisa da exploração de minério. Existem outras formas de trazer benefícios econômicos através da preservação, como o turismo ecológico e esportes ligados a natureza, como o trekking. (Vitor Pires) Link para votar Aqui

 Ainda hoje será realizado uma reunião para tratar de assuntos relacionado a toda essa polêmica envolvendo a mineradora e a ARIE. Ser´no Auditório da Santa Casa Às 19h.




Nenhum comentário