Prioridades do território Piemonte do Paraguaçu são definidas em plenária do PPA 2020-2023 em Itaberaba - Ruy Barbosa Notícias | O Portal de Notícias da Cidade!

Prioridades do território Piemonte do Paraguaçu são definidas em plenária do PPA 2020-2023 em Itaberaba


As áreas prioritárias para a execução das políticas públicas do Governo do Estado nos Territórios de Identidade Piemonte do Paraguaçu, Piemonte da Diamantina e Bacia do Jacuípe foram definidas nesta quinta-feira (21), durante as escutas territoriais que consistem no diálogo de técnicos da Secretaria Estadual do Planejamento (Seplan) com representações dos segmentos institucionais, produtivos, sociais e econômicos dos respectivos territórios de identidade. A atividade, realizada durante todo o dia nos municípios de Itaberaba, Jacobina e Ipirá, irá subsidiar a elaboração do Plano Plurianual (PPA) 2020-2023.

O representante da Missão Jesuíta e da Associação Comunitária Centro Assistencial da Criança e do Adolescente de Capim Grosso (CACACG), Padre Xavier Nichele, acredita que as políticas públicas devem partir da visão popular. Xavier falou ainda sobre a importância da união entre povo e Estado, onde o povo se sinta protegido e o Estado se sinta fiscalizado. "É preciso criar uma consciência popular, uma consciência participativa", disse.

Vereador do município de Piritiba, Nivaldo Cunha defende que as escolas públicas devem ofertar uma educação voltada para a realidade das pessoas. "Acho que o Governo do Estado e o Governo Federal devem pensar em educar o povo para o que nós somos. Noventa por cento dos nossos alunos hoje vem da zona rural, então eu acredito que essas pessoas devem ser formadas para atuar na realidade local", explicou.

O processo de escuta territorial, que iniciou em 12 de fevereiro, já foi realizado nos territórios do Extremo Sul, Médio Sudoeste, Costa do Descobrimento, Baixo Sul, Sudoeste Baiano, Médio Rio de Contas, Bacia do Rio Corrente, Vale do Jiquiriçá, Velho Chico, Sertão Produtivo, Bacia do Rio Corrente, Litoral Norte e Agreste Baiano, Itaparica, Sisal, Portal do Sertão, Metropolitano de Salvador, Semiárido Nordeste II, Chapada Diamantina, Sertão do São Francisco e Piemonte Norte do Itapicuru. A atividade está sendo realizada em todos os 27 territórios de identidade até o final deste mês de março.

O Território de Identidade é a unidade de planejamento de políticas públicas do Estado da Bahia. Os territórios são constituídos por agrupamentos identitários municipais, geralmente contíguos, formados de acordo com critérios sociais, culturais, econômicos e geográficos, reconhecidos pela sua população como espaço historicamente construídos ao qual pertencem, com identidade que amplia as possibilidades de coesão social e territorial.


Nenhum comentário