Prefeito Cláudio Serrada lança Bolsa Auxílio Universitário, para apoio financeiro ao estudante de Universidade Pública - Ruy Barbosa Notícias | O Portal de Notícias da Cidade!

Prefeito Cláudio Serrada lança Bolsa Auxílio Universitário, para apoio financeiro ao estudante de Universidade Pública

O Prefeito de Ruy Barbosa Cláudio Serrada enviou a Câmara de Vereadores o Projeto de Lei Programa Bolsa Auxílio Universitário, para apoio financeiro ao estudante de graduação em Universidade Pública com família residente no Município de Ruy Barbosa.  O valor da bolsa integral corresponderá ao valor de R$ 200,00(duzentos reais), o que equivale a 20,32% do salário mínimo vigente no país, sendo reajustado anualmente e com 30 bolsas.


O Projeto tem como objetivo de caráter educacional e social, conceder uma bolsa auxílio para o estudante com família residente nesta cidade e que se encontra em situação de vulnerabilidade social e econômica, que concluiu o Ensino Médio na rede pública, e está cursado a graduação em Instituição de Ensino de Nível Superior - IES, de natureza pública, com sede distante de 100(cem) km ou mais do município, instalada no estado da Bahia. 


O Programa Bolsa Auxílio Universitário tem por finalidade possibilitar ao estudante sem recursos financeiros suficientes próprios ou do grupo familiar o acesso ao ensino superior; incentivar jovens e adultos a iniciar os estudos em nível superior de ensino; auxiliar na formação de profissionais e inclusão social para o pleno desenvolvimento do Município de Ruy Barbosa; incentivar a permanência e a diplomação do estudante contemplado pelo programa e em situação de vulnerabilidade social e econômica; ampliar o número de profissionais com formação superior, de modo a propiciar a melhoria da qualidade de vida e a valorização do mercado de trabalho em nosso Município 

Ficam reservados 5% (cinco por cento) das bolsas, de que trata a presente Lei, aos estudantes portadores de necessidades especiais, cujo percentual será calculado no início de cada seleção dos inscritos. 


Caso o Projeto de Lei seja aprovado na Câmara de Vereadores, o estudante inscrito no Programa Bolsa Auxílio Universitário será submetido a processo de seleção, cuja classificação se dará por ordem decrescente do grau de vulnerabilidade até que se esgotem os recursos financeiros destinados ao programa ou até que se esgotem os candidatos classificados. 


O processo de seleção ocorrerá no primeiro e no segundo semestres do ano letivo, mediante ampla divulgação do Município até o preenchimento da quantidade de vagas ofertadas, assim que aprovado pela Câmara. 







Nenhum comentário