Ruy Barbosa Notícias | O Portal de Notícias da Cidade!: Google, jusbrasil, escavador, arquivos judicial e radar oficial: Saiba como remover seu nome


Google, jusbrasil, escavador, arquivos judicial e radar oficial: Saiba como remover seu nome

Na era da internet, ter o seu nome completo divulgado no Google se tornou uma grande dor de cabeça. Infelizmente por conta de consultas públicas, os nomes das pessoas acabam sendo expostos no Google e em sites judiciais como Jusbrasil, Escavador, Radar oficial, arquivos judicial e tantos outros.

Infelizmente por conta do marco cívil da internet, informações que até então eram consideradas como sigilosas, estão disponíveis para qualquer pessoa consultar.  


Pessoas que já foram presas ou processadas acabam tendo sérios problemas em recomeçar a vida, por ter seu nome exposto em diversos sites, se tornando alvo de preconceito, rejeição, e problemas morais, profissionais e pessoais. 

Atualmente apenas 2 empresas se destacam no Brasil neste tipo de remoção, uma delas é a Start consultoria e negócios, empresa atuante no mercado deste 2012. 

As pessoas achavam que esse tipo de trabalho só seria possível através de invasões de sites por hackers, no entanto, o diretor da Start consultoria e negócios Marcos Marinho, nos explicou de forma resumida. 


“Já que poucas empresas se preocuparam em se especializar neste tipo de trabalho, conseguimos ser uma das referências no Brasil neste segmento. Dispomos de mecanismos lícitos e idôneos para remoções dentro das leis brasileiras, com aproveitamento de 100%. Os processos não deixarão de existir, mas conseguimos fazer com que eles deixem de aparecer no sites jurídicos e consequentemente no Google. Atualmente os sites que mais divulgam nomes e informações pessoais são: JUSBRASIL, ESCAVADOR, ARQUIVO JUDICIAL, RADAR OFICIAL, CONSULTA SÓCIO.

Basta entrar em contato com a Start e faremos totalmente grátis uma consulta para você. 

Ligue (75)99163-6666 (Whatsapp comercial) ou mesmo através do site www.startconsultoriaenegocios.com



Nenhum comentário:

Postar um comentário