Ruy Barbosa Notícias | O Portal de Notícias da Cidade!: Polícia do Rio de Janeiro acha novo vídeo de estrupo coletivo.


Polícia do Rio de Janeiro acha novo vídeo de estrupo coletivo.

001

A Polícia Civil do Rio teve acesso a um segundo vídeo que, segundo a apuração, mostra novas cenas do estupro de uma jovem de 16 anos em uma favela carioca. Segundo a polícia, ela aparece reagindo ao estupro e negando o contato sexual. Imagens estavam no celular de Raí de Souza, de 22 anos, preso por envolvimento no caso do estupro.


A delegada responsável pelo caso, Cristiana Bento, disse ao "Fantástico", da TV Globo, não ter dúvidas sobre a responsabilidade de, pelo menos, quatro homens noestupro da jovem e na divulgação dos vídeos e fotos do crime.


Segundo a polícia, a adolescente foi estuprada, pelo menos, duas vezes, num intervalo de 30 horas.


Dois dos envolvidos dizem ter feito vídeos, mas negam o estupro.

A polícia diz que a informação de que a garota teria sido estuprada por mais de 30 homens pode ser uma alusão a uma letra de funk, e não um fato real.


Cristiana, que é da Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima, assumiu o caso após pressão popular sobre a polícia que até então tinha dúvidas sobre se houve estupro ou não.


"A minha convicção é a de que houve estupro. Está lá no vídeo, que mostra um rapaz manipulando a menina. O estupro está provado. O que eu quero agora é verificar a extensão desse estupro", disse ela ao assumir o caso.